EDIÇÃO 2013 – LIFE GAMBLING


Qual o tema da edição TEDxCascais 2013?

Depois do sucesso da primeira edição do evento TEDxCascais, em 2012 sobre o tema “A Linha que nos Separa/Une”, voltou para mais uma edição, que teve lugar no dia 16 de Fevereiro em 2013.
Esta nova edição teve como linha condutora das conferências TEDxCascais 2013, o tema:

“Life Gambling”

O que define uma aposta acertada? O benefício monetário ou o gozo? O que é mais importante? Ganhar a aposta, ou simplesmente ter o ímpeto de a fazer? O que vicia mais? Ganhar ou colocar-se à prova?

A vida é um jogo, aliás, a vida é O jogo, com variáveis controláveis e variáveis absolutamente incontroláveis. Há quem chame a estas últimas de destino, ou fatalidade, ou sorte/azar. Para as outras, as controláveis, por norma manobram-se com senso comum ou bom senso, seja lá isso o que for. Poderemos classificar os tempos atuais de difíceis ou desafiantes, excecionais ou paradigmáticos, destruidores ou renovadores. De qualquer modo, todos concordamos que os tempos são, indubitavelmente diferentes. Resta saber se isso é bom ou mau, e o que bom ou mau quer dizer.

É nesta dicotomia conceptual que vivemos, e será este o paradigma que teremos de absorver para desenvolver novas ideias, novos conceitos, novas histórias? Serão as contrariedades o motor para a inovação? Em Portugal sempre se disse que a necessidade aguça o engenho. Será que atingimos esse ponto de necessidade?’

“These are rough times. And in these times life turns into something new, sometimes bad, sometimes good. Life is a game, and its up to us to manage the game and (if possible) have fun with it.”

Hugo Branco

Painéis |  Life Gambling

1. Sonho
a variável coletiva. mais do que esperança, que se traduz num sentimento forte de crença e vontade de que algo aconteça, o que motiva para apostar em algo que não dominamos, no caso do jogo, é o sonho no alcance de algo que poderá ser tudo o que não temos ainda que não é alcançável sem um evento extraordinário, que fuja também às regras da normalidade;
 2. Empenho
– a variável individual.  que se traduz na procura de focalização de esforços, ações e energias para o alcance de determinado objetivo, concreto ou não, global ou pessoal, tangível ou intangível, determinando a que procuremos novas soluções e que sobretudo continuemos a acreditar.
3. Oportunidade
– a variável tempo/movimento. um elemento determinante na combinação de todos os fatores e ele sim criador do fenómeno “sorte” (a pessoa certa, o assunto certo, o momento certo). Tempo=sorte? Um fator que não conseguimos controlar quando despoletamos os eventos mas que, para testarmos a “sorte” temos de procurar fomentar continuar criar a oportunidade, sem cair em tentação de “parar no tempo”
4. Superação
– a variável motivacional. que se traduz quer na ambição e na concretização de, por via do jogo, superar o contexto, as barreiras, os condicionamentos, nós mesmos, ao ganharmos, quer na superação da frustração, do não ter alcançado, do acreditar que na próxima vez é possível, ao perdermos.